‘Não vimos necessidade de pedir afastamento de Roberto Dias’, diz Wagner Rosário

Postado em 21 de setembro de 2021

O ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, afirmou que o órgão não viu necessidade de pedir o afastamento de Roberto Ferreira Dias, que ocupou o cargo de diretor de Logística do Ministério da Saúde e foi demitido após ter sido acusado de pedir propina para a compra de vacinas da AstraZeneca. O nome de Dias aparece em uma troca de mensagens que envolve um diretor da Precisa Medicamentos e cria uma “arquitetura da fraude” a uma licitação da pasta para a aquisição de testes de Covid-19.

“Que providências formais a CGU tomou quanto à necessidade de afastamento de Roberto Dias?”, questionou o relator da CPI da Covid-19, Renan Calheiros (MDB-AL). “Nós não temos informação de necessidade de afastamento de Roberto Dias. Se tivesse, teríamos tomados as medidas”, respondeu Rosário. “A CGU não tinha informações sobre a atuação criminosa de Roberto Dias que implicasse o afastamento dele?”, emendou o vice-presidente do colegiado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP). “Não, não tinha. Nenhuma”, rebateu o ministro.

O parlamentar, então, voltou a dizer que a Operação Hospedeiro, deflagrada pela CGU, pelo Ministério Público Federal e pela Polícia Federal, ocorreu no dia 27 de outubro do ano passado. O titular do órgão afirmou que a análise das mensagens encontradas no aparelho telefônico do lobista Marconny Albernaz de Faria terminou no dia 31 de março de 2021. “Em dez dias, analisamos tudo. O senhor só concluiu isso em 31 de março? E aí pediu o afastamento do Roberto Dias?”, ironizou Randolfe. “Não, porque os dados foram apartados e foi pedido pelo Ministério Público ao juiz, nao tínhamos autorização. Isso não chegou ao meu conhecimento”, respondeu o depoente. “O senhor só tem conhecimento de uma parte das coisas? De outra parte não tem? Não deveria chegar no Ministério da Saúde e dizer ‘ministro, ele [Roberto Dias] está roubando? Tira ele daí’?”, concluiu Rodrigues.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 21 de setembro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 21 de setembro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *