PGR denuncia deputado Loester Trutis por ter forjado o próprio atentado

Postado em 5 de outubro de 2021

A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou ao Supremo Tribunal Federal (STF) o deputado federal Loester Trutis (PSL) por comunicação falsa de crime, porte ilegal de arma de fogo e disparo de arma de fogo. De acordo com o órgão, o parlamentar teria criado o próprio atentado no qual seria a vítima. Segundo o vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, o que ocorreu foi “uma verdadeira simulação de tentativa de homicídio”. O fato teria ocorrido em 16 de fevereiro do ano passado. A Polícia Federal atuou e, em junho deste ano, apontou que o atentado não foi verdadeiro. O caso começou a ser investigado ainda em 2020, quando o deputado apresentou denúncia dizendo ter sido vítima de uma emboscada. No momento do crime, o carro era dirigido por um dos assessores e foi atingido por disparos de arma de fogo. Na ocasião, o parlamentar postou imagens do veículo atingido e foi até à superintendência da PF, onde fez uma denúncia. Em nota, Loester Trutis nega ter forjado o atentado e afirma estar sendo “vítima de um refinado conluio de autoridades locais, que induziram a PGR e a ministra a erro”. Ele também quer que as provas apresentadas por ele sejam analisadas fora do Estado do Mato Grosso do Sul. O STF deve, agora, analisar a denúncia e, se aceita, o deputado passa a ser réu. Não há prazo definido para a aceitação ou não da denúncia.

*Com informações do repórter Fernando Martins

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 5 de outubro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 5 de outubro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *