PSDB votará para derrubar veto de Bolsonaro à distribuição gratuita de absorventes

Postado em 8 de outubro de 2021

O PSDB votará para derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro ao projeto de lei que estabelece a distribuição gratuita de absorventes femininos a estudantes de baixa renda, pessoas em situação de rua ou de vulnerabilidade extrema. O anúncio foi feito pelo deputado federal Rodrigo Castro (PSDB-MG), líder do partido na Câmara dos Deputados. “O impacto orçamentário da medida, de R$ 84 milhões, é ínfimo se comparado aos seus benefícios: compreensão das necessidades femininas, cuidado com a saúde e com a dignidade das mulheres”, diz uma publicação do tucano em seu perfil no Twitter.

Nesta quinta-feira, 7, Bolsonaro disse a apoiadores que o texto, de autoria da deputada federal Marília Arraes (PT-PE), tem o objetivo de “desgastar” o governo. Ainda de acordo com o mandatário do país, o projeto não apresentava a fonte para o custeio da iniciativa. “É irresponsabilidade apresentar um projeto sem apontar a fonte de custeio. Isso é feito proposital, para desgastar. Por que o PT não fez isso quando estava no poder?”, afirmou. O argumento do presidente da República é contestado pela petista. “No Congresso, trabalhamos e conquistamos a união de parlamentares de todos os partidos. Debatemos, estudamos e negociamos, inclusive com a base do governo, para que tudo fosse feito de forma correta e apontamos as fontes de onde viriam os recursos. Esse veto é um ato de misoginia extrema, de desconexão com a realidade”, rebateu Arraes em uma publicação no Instagram.

O veto de Bolsonaro, criticado por parlamentares de diversos partidos, deve ser derrubado no Congresso. Líder da bancada feminina, a senadora Simone Tebet escreveu que a decisão do presidente “é mais um sinal do menosprezo dele à condição humana”. “Bolsonaro vetou projeto que garantia distribuição gratuita de absorventes para mulheres em situação de vulnerabilidade, como estudantes pobres. A justificativa, falta de indicação de fonte de financiamento, é simplesmente falsa. Verdadeiro é o desrespeito às que mais precisam”, afirmou o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) em seu perfil no Twitter. “Bolsonaro vetou a distribuição gratuita de absorventes para estudantes pobres. Muitas deixam de ir às aulas em período menstrual, usam trapos e até pão velho como absorvente. É uma tristeza. O presidente transformou uma pauta social em ideologia burra. É um desrespeito brutal às mulheres”, tuitou a deputada federal Joice Hasselmann, que se filiou ao PSDB nesta quinta-feira, 7. Presidente nacional do PT, dono de maior bancada na Câmara, a deputada federal Gleisi Hoffmann (PT-PR) disse que a sigla vai trabalhar para derrubar o veto.

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 8 de outubro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 8 de outubro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *