Bolsonaro atribui inflação à política do ‘fique em casa’ e descarta canetada para baixar preços do combustíveis

Postado em 9 de outubro de 2021

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) culpou novamente as medidas de isolamento contra a Covid-19 para justificar o aumento da inflação, que tem assustado o consumidor brasileiro. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a inflação atingiu o maior patamar dos últimos 27 anos, e a previsão da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) é que o Brasil feche 2021 com a terceira maior alta entre as principais nações desenvolvidas e emergentes do mundo. O presidente disse que a situação é melhor que a de muitos países ricos. “Foi um dos países que menos sofreu com a economia na pandemia fomos nós. A Inglaterra teve 300% o aumento de gás, 200% em média na Europa, alimentos em falta lá, não é apenas inflação. E o pessoal reclama daqui. Mas é que estamos pagando aquela coisa de fica em casa e a economia a gente vê depois. Eu falei que não podia fazer isso”, afirmou.

Diante de um novo aumento no preço da gasolina e de críticas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que acusou Bolsonaro de não conseguir se impor junto à Petrobras, o atual presidente da República se defendeu. “Eu posso agora rasgar contratos? Como fica o Brasil perante o mundo?”, questionou. Bolsonaro voltou a falar também de hipótese de haver crise no abastecimento de alimentos, por conta da redução da produção de fertilizantes pela China. “Reclamam do Brasil, do aumento de preços, de mantimentos, combustível… Ninguém faz isso porque quer. Eu não tenho poder sobre a Petrobras. Não vou, na canetada, congelar o preço de combustível. Muitos querem, mas já tivemos uma experiência de congelamento no passado”, finalizou.

*Com informações da repórter Luciana Verdolin

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 9 de outubro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigo: A PEC dos Precatórios

Um dos temas de maior repercussão recente na mídia é a Proposta de Emenda Constitucional nº 23/2021, que propõe alterações no regime constitucional de pagamento de precatórios. Confira aqui o artigo...

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *