ONGs suspeitas na Amazônia serão investigadas pelo Senado

Postado em 6 de dezembro de 2021

Terras de floresta fechada sempre despertam a cobiça dos que têm interesse em explorar áreas indígenas para garimpo ilegal e grilagem, e a Amazônia está no centro desses interesses. Organizações não governamentais (ONG) que atuam na região chegam com promessas de melhorar a a qualidade de vida dos nativos e preservar a floresta. Algumas, de fato, cumprem o que prometem, outras não, é o que denuncia o senador Plínio Valério (PSDB-AM). Ele usa como exemplo a ONG Opção Verde, uma organização que tinha interesses suspeitos, segundo o parlamentar. “Não vamos poder saber, nos cartórios, da Amazônia inteira quanto de terra tem no nome dessa gente, sim, e tem muita coisa. A gente não quer demonizar ONGs, pelo contrário, separar joio do trigo. Tem muita ONG boa, mas tem muito mais do que ONGs boas, são ONGs ruins, que aproveitam o nome ‘Amazônia’ para enriquecer seus membros”, afirma. O Senado Federal já autorizou a instalação de uma CPI para investigar a atuação de ONGs suspeitas na Amazônia. A iniciativa tem o aval do presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), falta apenas iniciar os trabalhos, mas já há uma previsão: março do ano que vem.

Documentos em poder do senador mostram que a ONG Opção Verde foi criada por holandeses e que, desde 2008, compra terras na região de Coari, no Amazonas. Cópias de documentos de cartórios mostram a aquisição deliberada das terras. O senador Plínio relata que, na Amazônia, existem milhares de ONGs com atividades suspeitas. “Eu não saberia dizer o número exato de ONGs na Amazônia, falam em dez mil, mas se tivesse mil já era muita, mas tem milhares de ONGs na Amazônia, em contraste com o nordeste, por exemplo, que não deve ter dez ONGs dessas. Tem umas que não recebem verba pública, mas recebem de governos estrangeiros”, alega. A equipe de reportagem tentou contato com a ONG Opção Verde. O site dela está fora do ar. Um e-mail foi enviado, mas não houve resposta. Por telefone também não foi possível o contato.

Adriel Kokama é uma liderança no Médio Solimões, no Amazonas, e há anos ele denuncia ONGs que atuam sob suspeita. O cacique relata que nem as crianças são poupadas, acabam sendo vítimas de violência sexual e, muitas vezes, levadas a consumir bebida alcoólica. “Acham que são bonitos, são diferentes, olhos azuis ou coisa assim, as nossas parentes nunca viram pessoas de outro sangue, outra nação, e se encantam por aquilo. Eles acabam se aproveitando, trazendo bebidas, comprando cervejas, e, nessas brincadeiras é onde se dá esses acontecimentos”, diz. Revoltado com tudo o que tem visto, Kokama faz um apelo: “Precisamos de ajuda. Nós estamos aqui apostos para fazer um dia melhor para todos nós”.

*Com informações da repórter Francy Rodrigues

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 6 de dezembro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 6 de dezembro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Deltan Dallagnol se filia nesta sexta-feira ao Podemos

Nesta sexta-feira, 10, acontece o evento de filiação do ex-coordenador da Lava Jato Deltan Dallagnol ao Podemos. Entre outros políticos, o evento contará com a presença do ex-juiz e pré-candidato à...

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *