Skaf passa comando da Fiesp para filho de José Alencar e já fala em disputar o Senado em 2022

Postado em 10 de dezembro de 2021

Após 17 anos a frente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf passa a presidência da instituição ao empresário Josué Gomes da Silva. O novo mandato passa a vigorar em 1º de janeiro. O novo mandatário da Fiesp é presidente da Coteminas e filho do ex-presidente da República José Alencar. Ele foi eleito com 97% dos votos. Em rápida fala aos jornalistas, reforçou o papel da indústria e sua importância nos setores da economia. “A indústria tem uma importância enorme porque é o setor que tem o maior multiplicador na economia. É um setor capaz, realmente, de gerar inovação. Mas ela é muito resistente e muito forte. Tenha certeza que, em 2022, vai continuar realizando e vai continuar gerando riqueza, gerando emprego, gerando inovação, aumentando a produtividade e podendo competir com o mundo inteiro”, afirmou. Josué Gomes ainda disse que seguirá sua gestão na Fiesp nos mesmos passos e com a mesma determinação de Paulo Skaf.

Em evento de despedida de Skaf na última quinta-feira, 8, um dos símbolos recentes da campanha contra a alta de impostos foi relembrado, o pato da Fiesp, que figurou muitas manifestações desde 2015 até a queda da presidente Dilma Rousseff (PT) sob a campanha ‘Não vou pagar o pato’. Skaf agradeceu o período a frente da entidade e falou sobre seus planos para o futuro, dentre os quais até mesmo uma nova disputa eleitoral é aventada. “O Senado é possível. Eu acho que, nesse momento, se eu candidato e se eu tiver o apoio da população e for eleito, eu acho que, como senador, eu posso dar uma contribuição maior ao país do que como governador. Eu vejo algumas questões macro que podem ser, vamos dizer, melhor atendidas. Eu sinto que eu posso dar uma contribuição melhor como senador”, declarou. Nas eleições de 2018, Paulo Skaf disputou o governo do Estado de São Paulo pelo MDB. Naquela ocasião, ele terminou em terceiro lugar, com pouco mais de 21% dos votos, atrás de João Doria (PSDB) e Márcio França (PSB).

*Com informações do repórter Fernando Martins

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 10 de dezembro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 10 de dezembro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Deltan Dallagnol se filia nesta sexta-feira ao Podemos

Nesta sexta-feira, 10, acontece o evento de filiação do ex-coordenador da Lava Jato Deltan Dallagnol ao Podemos. Entre outros políticos, o evento contará com a presença do ex-juiz e pré-candidato à...

Artigos Relacionados

Doria e Leite se encontram e falam em ‘unir forças pelo Brasil’

Doria e Leite se encontram e falam em ‘unir forças pelo Brasil’

Dias depois do resultado das prévias do PSDB, os governadores do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e de São Paulo, João Doria, se reuniram nesta quinta-feira, 9, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. O encontro estava marcado na agenda dos tucanos...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.