‘Voto em qualquer um contra Bolsonaro, inclusive no Lula’, diz Tabata Amaral

Postado em 10 de dezembro de 2021

Nesta sexta-feira, 10, o programa Morning Show, da Jovem Pan, recebeu a deputada federal Tabata Amaral (PSB-SP). Questionada sobre a união de seu partido com a possível candidatura de Lula nas eleições de 2022, a parlamentar afirmou que ainda não há um apoio certo para o primeiro turno, mas votaria em qualquer político contra Jair Bolsonaro no segundo. “Eu voto em qualquer pessoa contra o Bolsonaro, no Lula, inclusive. O Bolsonaro não só é extremamente corrupto, como é responsável por centenas de milhares de mortos, tem um governo criminoso na pauta da educação. Sou muito firme no combate à corrupção”, disse. “Não acredito em anular votos, fui escolhida para tomar decisões difíceis que me custam muito pessoalmente. A gente trata como se o Bolsonaro não fosse extremamente corrupto, a gente está falando da pessoa da Vale do Açaí, das ‘rachadinhas’ e das interferências na Polícia Federal. Soube de toda corrupção envolvendo as vacinas e não fez absolutamente nada.”

Alvo de críticas de José de Abreu em postagens nas redes sociais, Tabata desabafou sobre os ataques que sofreu. Segundo ela, o MBL iniciou uma onda de fake news sobre seu repertório político que acabou sendo continuada por partidos de esquerda. “Eu não fui financiada por nenhum grande empresário e não teria problema se fosse. Muitos colegas foram para os Estados Unidos, nenhum é marionete de ninguém. No meu caso, foi uma bolsa de faculdade. Tenho muito respeito pelo Lemann, pelo trabalho dele. Essa fake news surgiu no MBL e logo foi incorporada pela esquerda. É muito conveniente nesse mundo machista dizer que tem um homem mais velho mandando nas ideias dessa menina. Na hora que falam que estou a mando de um grande empresário, você desqualifica tudo o que sai da minha boca, toda minha luta, todo o meu esforço para vir da periferia, de uma ocupação, e ter chegado onde eu cheguei.”

Tabata Amaral ainda opinou sobre o embate entre o Judiciário e o Executivo. Para ela, a crise com o STF afeta economicamente a população mais vulnerável. “Obviamente, todo mundo tem crítica em relação a tudo. A gente esquece o custo que isso tem para o nosso Brasil. Na hora que o Bolsonaro vai lá e sobe o tom de novo, faz um ataque ao Judiciário, isso custa. Faz com que a inflação aumente, com que as pessoas se desiludam do nosso Brasil, impacta as pessoas mais pobres. Todo mundo está falando do impacto na democracia, mas qual é o impacto na vida das pessoas que estão sofrendo? Essa briga e esses ataques têm um custo muito alto para o povo.”

Confira na íntegra a entrevista com Tabata Amaral:

Fonte do artigo:

Política – Jovem Pan

Leia o artigo original clicando no link abaixo:

Read More

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 10 de dezembro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Aviso Legal

A COJAE acredita que a propagação de informações relevantes e responsáveis pode ajudar a sociedade. Por isso, mobilizou sua equipe editorial em prol de confrontar as diferentes visões a respeito dos mais variados assuntos, a fim de difundir somente informações que acredita serem baseadas em fatos.
Os conteúdos aqui ora publicados estão livres do alarmismo, sensacionalismo e interesse político-ideológico amplamente divulgado pelas grandes mídias, incluindo canais de televisão e gigantes redes sociais que manipulam infielmente os dados.

Trechos extraídos ou texto replicado na íntegra do site abaixo.
Autoria do texto: Jovem Pan.
Data de Publicação: 10 de dezembro de 2021.
Leia a matéria na íntegra clicando aqui.

Publicações Relacionadas

Explore Seus Tópicos Favoritos

Leia mais artigos publicados em nosso blog navegando pelas categorias abaixo. Clique aqui para acessar nosso blog.

Notícias
Direito
Judiciário
Ética
Arbitragem
Editorial
Ideologia
Justiça Federal
Teologia
Todas as Categorias

Selecionadas do editorial

Artigos Relacionados

Doria e Leite se encontram e falam em ‘unir forças pelo Brasil’

Doria e Leite se encontram e falam em ‘unir forças pelo Brasil’

Dias depois do resultado das prévias do PSDB, os governadores do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e de São Paulo, João Doria, se reuniram nesta quinta-feira, 9, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. O encontro estava marcado na agenda dos tucanos...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.